segunda-feira, 15 de dezembro de 2008

Cofre de vidro


Trabalharei para uma limpeza total e jogarei todo lixo para bem distante.
Distância inalcançável, perante minha vida e a tudo que me diz respeito.
Abaixei, encontrei com minha fraqueza e ao subir percebi o quanto posso ser grande como pessoa e laçar até mesmo o vento a meu favor.
Favoreço tudo em um cofre de vidro, quem se aproximar e quebrar pode ter certeza da culpa e responsabilidade de mostrar o quão é importante para não haver mais nenhuma seqüela cheia de sangue.
Sangue que escorrerá pela minha estrada em frente deixando o que passou, colorindo cada passo.
Para o amor nem tudo é pecado, só a infelicidade outrem provocando tal desastre.
“A lei da atração” diz bem isto, atrair tudo aquilo de bom, e de manso e belo.
Se atrair o ruim é sem dúvida uma fixação.
Comparação existe pelo formato da vida.
Formato da vida não é quebrar um vidro belo
Espero o barulho de galhos de árvore, nesta se encontra desde a raiz até o topo a significância de minha existência.
Isto é uma comparação hipotética trazendo flores e frutos.
Receber, aceitar, fazer, incondicional para a chegada ou a partida do merecer ou não.
Sim, talvez, não, uma questão muito complicada.
Estar junto, no meio ou mesmo sobrando, decidido.
Tempo de preparação conjuntamente aos irmãos sem descriminação.

5 comentários:

Maria Cristina disse...

Aninha linda,
seu blogger tá lindo. Parabéns!!
Irei passar sempre e ver as novidades.
Beijo no coração

Mateus Luciano disse...

então eu abri a caixa de pandora! ta ótimo.

Laysa disse...

Ana, achei ótimo a idéia de fazer um blog e se expressar nem que seja um pouco. Gostei das palavras!
Beijo.

Manoel José de Santana(Manoel Limoeiro) disse...

Parabéns pelo o seu blog. Um abraço de Manoel Limoeiro de Recife-PE.

Leandro disse...

Estou aqui começando a ler os textos... voce é poetisa?